quarta-feira, julho 28, 2010

Desabafo 2

Há momentos que fico bem calma...e que penso que apenas tenho que esperar...esta gravidez já é um bónus da minha vida...quer corra bem, quer corra mal...e portanto é só ver o que acontecerá...

Outros... fico tensa, triste, a achar que não vai correr bem (será que estou a enjoar menos? Estas moínhas são normais? Estará o meu bebé vivo?...e sou péssimista)

Só me apetecia desaparecer durante as próximas semanas...

Bjs

terça-feira, julho 27, 2010

Desabafo

Sabem...preferia não estar grávida...acreditam?!
É muito difícil...
Já tinha encontrado a minha paz, já me tinha mentalizado (com muita pena) de que não iria ter mais filhos e que, portanto, a minha Pipoca seria filha única (que era o que mais me custava).

Ela também já tinha aceitado que não ia ter nenhum mano ou mana. Tinha conseguido canalizar as suas ideias para a minha sobrinha. Agora quando uma roupa deixava de lhe servir, ela já dizia que era para a Glorinha. Tinha deixado de falar no(a) mano(a).

E agora vejo-me aqui... com um bebé na barriga... cheia de medo de abortar novamente :-(

Ainda por cima disse à Pipa que estava grávida (apesar de ser demasiado cedo) mas assim, ela percebe (e aceita) que eu não lhe dê colo, e que não queira brincar porque estou maldisposta, ou porque é que ando a vomitar tanto.

Se calhar fiz mal em contar-lhe... não reflecti o suficiente :-(
Ela agora está entusiasmada...apesar de eu lhe dizer que o bebé ainda é muito pequenino e por isso ainda pode "estragar-se".

Sabem...eu sou optimista...e acho que vai sempre correr tudo bem (e o certo que é só 1 vez correu bem)...e por vezes esqueço-me da realidade, e sonho....

Ontem, a consulta com a médica serviu para eu regressar à realidade. Relembei-me dos primeiros momentos na gravidez da Pipa (e nas outras) em que via o meu bebé na ecografia ,e que quase que inconscientemente, implorava para que me dissessem que havia chances...que aquele bebé tinha algo especial, era mais forte que os outros, e portanto eu não abortaria.

Só o tempo me trará essa resposta...
É tão difícil... :-(

Bjs e obrigada por lerem os meus desabafos

Primeira consulta

Ontem fui à minha médica.
Lá vimos o bebézinho, muito pequenino, com o coração a bater :-)
Ainda é mesmo muito cedo...a médica disse-me que devo estar de 5 semanas e que na próxima eco (às 8s - dia 16 Agosto) veremos melhor o tempo de gestação.
Agora é esperar...
Ela aconselhou-me a guardarmos para nós esta novidade...
Pelo que percebi nas entrelinhas (e que eu, infelizmente, também sei) é que há muitos riscos...há uma grande probabilidade de não correr bem. Não só pelo meu passado de perdas como também pelo facto de ter 40 anos e uns ovários "velhinhos".
Portanto é uma questão de sorte...

sexta-feira, julho 23, 2010

NOVIDADES :-)

Olá a todas(os)

ESTOU GRÁVIDA!!!!

Esta manhã fiz um teste e lá estava + (positivo)!!!!

Não estava nada à espera e ainda estou abananada :-)
Já não tinha menstruação desde o dia 20 de Abril...pensei que fosse da falência ovária... mas já estava a ficar preocupada, pelo marquei uma consulta com a minha médica para Agosto.

Entretanto há mais de uma semana que ando enjoada. (E peito maior)
Hoje, decidi fazer o teste (achando que ia dar negativo, mas assim tinha a certeza e tirava a infima esperança da minha cabeça).

Entretanto fiquei em pânico. Fui a uma urgência do hospital de Cascais e fui atendida por um médico bem antipático. (O que vale é que a enfermeira da triagem foi uma querida).

Fez-me uma eco e vi o saquinho e o embrião.
5 ou 6 semanas disse o médico...

Vamos a ver...
Entretanto a minha médica vem de férias na 2ª e vou ter uma consulta com ela.
Estou preocupada pelo pouco tempo e por não se ver coração... são os meus medos.

Agora é ver o lado positivo... a minha menopausa precoce é um bebézinho :-)

Quem diria que eu engravidaria sem querer?

Só espero que corra bem...sou optimista...mas tenho tanto medo!!!

Bjs

segunda-feira, julho 12, 2010

Dança


MATER - Espectáculo de Dança (Paula Careto)


Ciclo eterno, redondo, farto.

A nossa maternidade é circular.

Gerados, nascemos, crescemos.

Geramos, criamos, morremos.

E nesse girar infidável da história,

o tempo longo perde a memória,

dos netos, filhos, pais e avós,

que fomos, somos, seremos nós.



Sábado, 17 de Julho de 2010
Hora: 22:00 - 23:30
Local: Auditório Fernando Lopes Graça no Parque Palmela em Cascais
Para quem quiser... os bilhetes estarão à venda no local (5euros cada).