segunda-feira, dezembro 29, 2008

39 ANOS

Pois é...já cheguei aos 39 "anitos".
Feitos ontem, dia 28.
Este ano tive um dia de anos calminho, ao contrário dos últimos anos, não fiz nada de especial... estive simplesmente em família.
Também foi bom. :-)
Mas, fiquei um pouquinho deprimida. O tempo passa depressa demais...

quarta-feira, dezembro 24, 2008

FELIZ NATAL!!!!!!!

segunda-feira, dezembro 22, 2008

Socorro!!!! Estou farta de birras!!!

Quando acabam?????
São horríveis!!! São desgastantes!!! São esgotantes!!!

Acabei de deitar a Pipoca...e hoje teve uma "Senhora Birra", daquelas bem feias. Fartou-se de chorar, refilar, berrar...parecia que a estava a espancar.... mas nem uma palmada levou.
Hoje a Pipa já não chegou a casa muito bem disposta (talvez por estar com uma conjuntivite). Embirrou com imensas coisas e o jantar não correu lá muito bem... foi um acumular de "mau feitio" que teve o seu extase à hora de ir para a cama.
Não queria vestir o pijama.
Não queria fazer chichi na sanita, queria fazê-lo no bacio.
Não queria pôr a fralda. (Que voltou a usar à noite para dormir, pois voltou a fazer chichi na cama, todas as noites).
Não queria ir dormir.
Não queria ficar na cama.
Não queria ficar às escuras (mesmo mantendo a "luz das princesas" acesa).
A única rotina que correu bem foi a lavagem bem os dentes.
Nem quis a história da noite...atirando o livro ao chão.

E eu fui tento muitaaaaaaa paciência!!!!!!!!!!!
Não cedi uma única vez, tentei aclamá-la, distraí-la, ralhei com ela, deixei-a a chorar sozinha,...
A estratégia da Palmada não vale a pena, pois não resulta com a Pipa, e talvez, também por isso, não é fácil levá-la a ceder.:-(
Só acalmou quando ouvimos um helicópetro e eu disse: "Estás a ouvir? Será que é o pai natal a ver quem é que está a fazer uma birra tão grande?"
Foram as palavras certas, no momento certo para acabar com a birra... deitou-se logo de barriga para baixo, e uns minutinhos depois dormia profundamente.

O que fazer nestes casos? Aceitam-se sugestões. :-)

domingo, dezembro 14, 2008

Nova Consulta de Infertilidade

Marquei, para a semana, uma nova consulta de ginecologia/infertilidade. Desta vez com uma nova especialista.
Não que eu estivesse descontente com o médico que me está a seguir...antes pelo contrário...o motivo é outro, e é um motivo que me tem causado muita angustia.

O médico que me estava a seguir e que me fez o diagnóstico apenas trabalha em hospitais privados, e eu preciso de algum médico no sistema público de saúde. Isto porque um futuro parto (ou nova curetagem...que espero não ser necessária) terá que ser feito, por motivos económicos, no sistema de saúde público.
O meu seguro de saúde não paga essas intervenções e eu não quero gastar as minhas economias (que serão necessárias em tempo de crise, e com mais de um filho).
Num parto até as gastaria, pela segurança do bebé...mas numa IMG ou curetagem...não.
E, infelizmente, não sei o que me espera...

E a última curetagem...no Hospital S. Francisco Xavier, deixou-me marcas psicológicas. (As provocadas pela perda de um bebé desejado já eram mais do que suficientes, não era preciso acrescentar algumas provocadas tratamento desumano de certos médicos).
E por isso eu não quero voltar à urgência obstétrica daquele hospital, nem ser seguida , numa futura gravidez, novamente naquele hospital.

Agora, ao pensar no que me aconteceu, penso como foi possível ir a uma consulta, grávida de 10 semanas, com um bebé morto na barriga e não terem dado por nada? Havia sinais tais como uma ligeira infecção no sangue.
Porque não ouviram o coração do bebé, nessa consulta?(Já nem digo fazer ecografia). E isso não era fundamental, visto eu ter 5 abortos na minha história clínica e estar a tomar Uterogestan?
Não quer dizer que os médicos do HSFX sejam pouco competentes, mas eu é que não me sinto segura com eles...e eu preciso de SEGURANÇA numa próxima gravidez.

Por isso descobri uma médica, numa clínica de infertilidade, que trabalha no HGO (Onde fiz a IMG, onde fui seguida na gravidez e onde nasceu a minha filhota) E como continuo a ter boas referências, e sobretudo, CONFIÂNCIA naquele Hospital, decidi marcar uma consulta.
Por isso, 4ª feira lá vou eu... sinto quase como se fosse uma nova etapa.

domingo, dezembro 07, 2008

Cinema


No dia 1 de Dezembro a minha Pipoca foi pela primeira vez ao cinema.
Fomos, com o Rui, o "pimo" e os tios, ver o "Gáscar 2" ao Cascaishopping - de manhã...talvez, a minha primeira vez.

Eu estava com receio que ela tivesse medo do "barulho", mas não. Correu bastante bem.

No entanto, não teve paciência para ficar quieta durante todo o filme. Perto da altura do intervalo já estava ao meu colo, e dizia que queria ir-se embora. Mas lá se foi distraindo, e o intervalo serviu para brincar um pouquinho e depois voltar a ficar interessada no filme.

Os treinos

Os treinos para o(a) Mano(a) vão andando, mas ainda não sortiram nenhum efeito :-(
Hormonalmente não devo andar lá muito bem, pois ora tenho ciclos curtos ora longos (o que nunca me acontecia). E tensão mamaria...mais que muita. Acho que nunca me doeram tanto as mamas.
6ª feira fiz um teste de gravidez, mas deu negativo...e ainda estou à espera de sua Excelência, o indesejado.
Deve ser a idade...já estou quase nos 39 :-(

Em Janeiro vou novamente ao médico. Ele deu-me 6 meses para engravidar, e se isso não acontecesse devia lá voltar para fazer uns exames e analisar melhor o meu útero. (As curetagens podem ter deixado algumas marcas que dificultam a gravidez).
Mas, na minha opinião a maior dificuldade são as ovulações. Nos ciclos curtos, que tenho tido, não devo ter ovulado.

Como eu queria passar depressa esta fase...

quinta-feira, dezembro 04, 2008

Adoro esta música...e a Pipa também

segunda-feira, novembro 24, 2008

mano(a)

Um destes dias, chego à mercearia do meu bairro e o dono dá-me os Parabéns.
- Então, tem novidades!!- disse ele
- ???? - fiquei admirada, não sabia a que ele se referia
- A Pipa já me contou a novidade - disse sorrindo.
- Qual novidade? - perguntei
- Que vai ter uma mana.
Tive que me rir e desmentir...ainda não estou grávida, mas a Pipoca já anda por aí a inventar coisas. Imagino quando for verdade.

Está desejosa de ter uma mana.
Vamos lá a ver se engravido em breve... e se não será um mano...

terça-feira, novembro 18, 2008

O" despacho dos ovos"

Mais uma vez foi revoltante ouvir a nossa Ministra da Educação culpar as escolas, pelos disparates do governo.
Basta ler a legislação para perceber o que diz.
O nosso governo não tem vergonha???????
É inacreditável.

sábado, novembro 15, 2008

Manifestação 15 Novembro

Lá irei mais uma vez...à manifestação.
Infelizmente TENHO QUE IR.
Infelizmente deixo, este fim de semana, a minha Pipoquinha, mais uma vez, a divertir-se sem a sua mamã.
Infelizmente não poderei trabalhar hoje, não poderei preparar as minhas aulas e, esta semana, terei que fazer muitas noitadas para compensar.
Estou cansada!

Só espero que este governo deixe de ser autista e nos ouça.
Não acredito que continue a dizer que não queremos ser avaliados. Não acredito que continue a tentar passar a mensagem de que somos todos uns incompetentes, que não queremos trabalhar, e que estamos a ser manipulados por partidos políticos.
NÓS QUEREMOS SER AVALIADOS, MAS BEM AVALIADOS!!!!

quinta-feira, novembro 13, 2008

Aberrações II

Mais uma das aberrações deste novo sistema de avaliação:

Temos dois professores (ambos titulares, mas um deles é o avaliador).

Ambos disputam a mesma classificação, para a qual existem cotas (há x Muito Bom e y Excelente). O avaliador quer ter Excelente, mas o avaliado também.

Será que o avaliador vai avaliar o seu colega da melhor forma? Será que vai ser justo, podendo prejudicar-se a si próprio na carreira? Sim, porque o avaliado até pode ser melhor professor do que o avaliador.

Isto é de loucos...

domingo, novembro 09, 2008

Pós manifestação

Eu não sei, que mais demonstrações de descontentamento dos professores com este modelo de avaliação precisa o nosso governo, para reflectir sobre o que anda a fazer.
120 mil professores numa manifestação... não será o suficiente?

Nós QUEREMOS SER AVALIADOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Mas, BEM avaliados.
Não queremos ESTE modelo de avaliação.

Esta semana vou ter a minha primeira aula assistida, no âmbito desta avaliação do desempenho.
A primeira de 3 aulas assistidas.
Sou professora de MATEMÁTICA há 15 anos.
Há, pelo menos, 15 anos que faço formação na área da didáctica da matemática.
Também sou formadora de professores e já participei em projectos de investigação científica nesta área.
Vou ser avaliada por um colega...de BIOLOGIA... que a única coisa que sabe (se se lembrar) de Matemática, foram as suas aulas há x anos atrás (numa altura em que o currículo era MUITO diferente).
Que avaliação poderá este colega Fazer? Que contributos poderá dar, para que eu me torne uma melhor professora de Matemática?

Por sorte ele não precisa de faltar às suas aulas para me avaliar. Na maior parte dos casos, os avaliadores têm que deixar os seus alunos sem aulas (com aulas de substituição que apenas servem para manter os alunos ocupados sem realizarem grandes aprendizagens) para poderem assistir às aulas dos colegas.
Se ao menos valesse a pena...se ao menos servisse para termos um ensino melhor...

Esta avaliação é uma palhaçada! E só não vê quem ainda não se lembrou de analisá-la correctamente.

sábado, novembro 08, 2008

Manifestação 8 Novembro

Hoje, é mais um dia de Manifestação de Professores.
Lá estarei presente para manifestar o meu descontentamento com este modelo de avaliação.

E como gostavamos de ser BEM avaliados...

quinta-feira, novembro 06, 2008

3 anos, 3 meses e 3 dias

A minha Pipoquinha, que nasceu no dia 3, faz hoje 3 anos, 3 meses e 3 dias de vida...
Não poderia deixar de colocar aqui um post...

P.S. Como estou cheia de pressa deixo-vos este video, realizado na 2ª feira, (com 90º de problema) prometo que tentarei rodá-lo, ou vou pedir à Pipoca que cante novamente e colocarei um novo video, em breve, em melhores condições.

domingo, novembro 02, 2008

Tété - "A ressaca"


A Pipoquinha continua sem a sua tété.
À noite adormece bem. De manhã, tem acordado por voltas das 6 a.m. e tem uma "crise" de falta de chucha - chora, pede a "tété", fica zangada comigo, fica zangada com o pai, ... - depois acalma, aceita miminhos, e dorme mais um bocadinho.
Dormir a sesta, ao fim de semana, é que tem sido mais complicado. Não a quer fazer, apesar de ter sono.
Hoje acabou por adormecer sentada no sofá.

P.S. Eu já encontrei a "tété" branca e fi-la desaparecer.
Mas, custa-me muito ver a Pipoquinha a chorar com a falta dela, se pudesse dava-lha...mas é para o seu bem.
Desculpa-me filhota!

quinta-feira, outubro 30, 2008

Adeus Tété...(Parte II...e última...espero eu)

Como vos contei, em Julho,a Pipoca deitou as chuchas fora.
Nessa noite, para a acalmar um bocadinho dei-lhe uma - a "chucha branca"- que ela não gostava muito.
Entretanto, o tempo foi passando e a Filipinha, infelizmente, aprendeu a gostar da "tété branca".
Durante as férias pensámos em tirar-lha (como o pediatra tinha sugerido) mas reparámos que quando estava com sono, começava a chuchar nos dedos. Optámos então por não a tirar naquela altura, mas definimos o final do ano como o limite para o uso da "tété".
No entanto, nesta casa só existia aquela chucha. Por vezes a Pipa não sabia onde punha a chucha e nós, como que a preparar o futuro, íamos reforçando a ideia que um dia perdia a chucha e nunca mais a encontrava.
E foi o que aconteceu...
Na segunda feira passada a tété desapareceu. Eu estava muito cansada, e não me sentia nada preparada para aguentar uma noite muito mal dormida, por isso fartámos-nos de a procurar pela casa...mas não a encontrámos.
Assim, a Pipoca dormiu sem a sua tété...mas até nem fez birra à noite. Acabou por adormecer à espera que nós encontrássemos a sua chuchinha.
E dormiu a noite toda...
O acordar é que tem sido um bocadinho mais difícil. Ontem acordou um pouco antes das 6 a.m. e fartou-se de chorar pois queria a sua "tété". Não a consegui acalmar pois ela não queria nada comigo...acho que estava muito frustrada.
Mas hoje já melhorou...e já está habituar-se a não usar a chuchinha.
Agora, só espero ser eu a encontrá-la. Enquanto a Pipoca está na escola tenho procurado pela casa toda (ela deve tê-la colocado num sitio bem esquisito), mas ainda não a encontrei.

quinta-feira, outubro 16, 2008

Orgulhosa

Hoje a Pipoquinha fez uma asneira, e magoou-se.

Depois do jantar, ela estava sozinha na sala a ver os desenhos animados, e nós estávamos a acabar de jantar e a conversar, na cozinha.
A minha filhota resolveu experimentar fazer, o que eu já lhe tinha dito para não fazer - tocar na lâmpada de um candeeiro.

Queimou-se num dedo, mas não disse absolutamente nada, nem chorou.
Mais tarde, foi ter connosco à cozinha, como nada se passasse e mexeu numas panelas(frias). Só aí é que choramingou e se queixou do dedo. Como se tivesse magoado naquela altura.

Já tinha uma bolha no dedo :-(
E só aí é que nos contou o que tinha acontecido.

sexta-feira, setembro 12, 2008

quinta-feira, agosto 14, 2008

Nova brincadeira



A nova brincadeira da Pipoquinha.
Retira todos os brinquedos do "Baiú", mete-se lá dentro e fecha a tampa.
A primeira vez que vi, assustei-me... fiquei com medo que ela não o conseguisse abrir, mas apercebi-me que isso não aconteceria.
Lá de claustrofobia a Pipoca não sofre :-)


sexta-feira, agosto 08, 2008

3 de Agosto de 2008



A minha querida Filipinha fez 3 aninhos.
Fizémos-lhe uma festa, no parque infantil da Parede, com a família e alguns amiguinhos.
Ela adorou. Esteve excitadíssima todo o dia. Assim que acordou disse-nos: "Quero ir para a minha festa!!"
As Princesas foram o tema da festa: da decoração, dos bolos, dos balões, das "linguas da sogra", das bolinhas de sabão,...
Foi escolha da Filipa. Um dia chegou a casa, vinda da cresce, e pediu-me um bolo das princesas, um da Kitty e um do Mickey para o seu dia de anos. Disse-lhe que não podia ser, tinha que escolher...e ela escolheu - As princesas.
Está mesmo, na fase do "cor de rosa" e das coisas "bem pirosas".
Adora roupa cor-de -rosa, roupa de fada, roupa de bailarina (tutus), lantejoulas, batons, verniz,..
É muito vaidosa.
É mesmo menina :-)

Mostei-lhe uns pratos e uns guardanapos do Mickey, que sobraram da festa do ano passado, na esperança de os utilizar este ano, mas a Pipa disse-me logo: "Não, mãe...esses são de menino!!"

Por isso ficou decidido...este ano foi o ano das Princesas (A barbie está incluida nesta categoria). vamos ver qual será o próximo tema?


Ela ADOROU o dia. Nem fez a sesta devido a tanta excitação.

Mas o final do dia...como seria de esperar, caso ela não "aterrasse" na cama, não foi fácil. Começou por não querer ir embora do Parque intantil. Adormeceu no carro, mas acordou assim que chegámos a casa.

Depois de uma birra foi para a cama. Eram 23h, estava ela, ainda acordada, na cama a dizer: "QUERO IR PARA A MINHA FESTA!!!!"

terça-feira, agosto 05, 2008

O Pediatra

Na sexta lá fomos nós ao pediatra,

A Filipa desta vez não chorou.

Desde a altura que ela esteve internada no hospital (tinha 9 meses) que chorava sempre que ia ao médico.

Está muito crescida a minha filhota.



Cresceu 10 cm este ano e por isso recuperou o per centil da altura. Agora já está no P25 do peso e da altura. O PC mantém-se no P50.



No dia 1/08/08 tinha:

-13250g

- 90,7 cm

- 49,5 de perímetro cefálico.



Quanto às birras o médico disse que o importante é ter paciência e nunca ceder. Ela vai tentar levar a dela avante, por isso temos que ser firmes nas nossas decisões, senão cada birra será pior.

Em relação às fraldas (que ela ainda não deixou de usar à noite) o pediatra disse-nos para não nos preocuparmos uma vez que ela quer deixar as fraldas - à noite não a quer pôr, por isso colocamo-la depois dela adormecer, e de manhã quando acorda diz que não fez chichi na fralda: " só umas gotinhas" ou "só um bocadinho" ( mas a fralda, por vezes, está completamente encharcada).

Em relação à chucha ela tem mesmo que a largar pois nota-se bem, nos seus dentes, a força com que chucha. Contei ao pediatra os progressos - o uso da chucha branca e o abandono das 2 ou 3 chuchas, assim como o abandono do uso das chuchas noutras alturas do dia. (Só falta tirar esta agora, mas que já não a usa tanto.) Ele disse-nos que poderemos tirá-la "à força". Serão 3 ou 4 dias complicados, mas depois ela habitua-se. Ainda não tivemos coragem. Mas faremo-lo nesta férias.

sexta-feira, agosto 01, 2008

O primeiro dia de férias

A minha Pipoquinha faz 3 anos no dia 03/08/08
Regularidade numérica gira, não? (é o que dá ser prof. de Mat)

Hoje vamos ter um dia cheio. É o nosso primeiro dia de férias. (O pai só tem férias na segunda quinzena de Agosto).
Esta manhã temos que ir fazer umas comprinhas, necessárias para a festa da Filipa.

Às 14h vamos ao Pediatra....para além da consulta anual de rotina, vou pedir conselhos para lidar com as birras que parece terem vindo para ficar.

Depois vamos a casa da Moky.

Por fim, a Pipa ficará em casa da minha mãe para que eu possa ir ao médico, às 19h.
ESTOU EM FÉRIAS!!!!!
FINALMENTE!!!!!

terça-feira, julho 29, 2008

Adeus Tété...

Já há algum tempo que ando a tentar convencer a Pipa que já "está crescida" para usar chucha.
Na creche já não usa, desde o ano passado. Nem para fazer a sesta. Mas em casa, estava a ser difícil. Era a primeira coisa que queria assim que entravamos em casa.

Ontem, fomos com a Sara e com a Clara ao Cascaishoping. Estávamos no Continente e a Pipa viu um chupa-chupa com um ar apetitoso e quis um. Disse-lhe que não podia comer, pois aqueles chupas eram para meninos crescidos, daqueles que já não usam chucha.
Ao que a Filipinha respondeu que também já não usava tété, que a queria deitar fora.
Perguntei-lhe várias vezes se ela tinha a certeza. Disse-lhe que à noite ia querer a chucha e não ia ter... ela manteve a sua decisão. Mostrei-lhe as chuchas (sim, pq ela usa duas, uma na boca e outra a tocar no nariz) e perguntei-lhe mais uma vez - Tens a certeza???
- Sim - respondeu-me a sorrir.
Ainda perguntei mais umas vezes. Acho que nem queria acreditar que seria assim...fácil.
Dei as chuchas à Sara, que as foi deitar no "caixote do lixo do pai natal"
E lá comprei os chupas.

Foi muito contente para casa. Esteve bem, apesar de estar com sono, não queria ir para a cama.
O adormecer é que não foi nada fácil.
Primeiro, não queria ir para a cama, mas isso não é novidade, acontece muito frequentemente.
Mas lá foi...e eu contei a história, como habitualmente.

Depois da história começou o drama...
Queria as chuchas... chorava...era de partir o coração.
Dei-lhe uma chucha, a chucha branca, que ela não gosta muito e que normalmente não usa. Não queria.
Expliquei-lhe que era a única que tínhamos em casa, pois as outras tínhamos deitado fora.
(Uma mentira justificável - As chuchas estão todas escondidas, guardadas numa gaveta)
Continuou a chorar...tentei acalmá-la com miminhos.
Acabou por adormecer com a chucha branca.
Ao contrário do que acontece com as outras chuchas, ela larga esta assim que adormece, e a intensidade com que a chucha também é diferente, é mais suave.

Por volta das 6 da manhã. Acordou a chorar.
Fui ter com ela. Não quis os meus mimos, nem os do pai...não lhe podíamos tocar. Zangada atirou várias vezes a chucha branca para fora da cama.
Esteve numa grande birra mais de meia hora.
Era um choro, sem lágrimas, mas que evidenciava a sua frustração. Estava zangada.
Deixei-a assim....sozinha no quarto.
(Quem chorou fui eu...fora do quarto dela...só me apetecia ir buscar uma chucha e dar-lha, mas sabia que isso era errado. Se voltasse atrás seria muito difícil conseguir que ela largasse a chucha. E a birra seria sempre muito maior. E ela tinha sofrido, esta noite...em vão.)

Quando acalmou chamou-me. Fui ter com ela e dei-lhe muitos miminhos. Quis vir para a minha cama. Quando chegámos à cama, não queria que o pai lá estivesse. Recomeçou a chorar...acho que estava agora a descarregar a sua frustração no pai.
Acabámos por ir as duas para a sala, e ela adormeceu ao meu colo, no sofá.
Acabou por dormir até às 9.45.

Foi mais tarde para a creche.
Quando lá chegou contou à educadora que tinha deitado as chuchas fora. A Débora fez uma grande festa e disse era uma boa novidade para contar aos amigos...e lá foram as duas para o jardim..e eu fui-me embora.

Enquanto estava no carro ainda ouvi, e vi pela brecha do muro, a Débora, a Pipa, e os outros amiguinhos, em círculo. A Pipa contou a novidade e todos disseram um grande VIVA À PIPA!!!! e a educadora deu-lhe um grande beijinho.

Vamos ver como será esta noite...

P.S. E à hora do almoço o "Pai Natal das chuchas" foi lá a casa e deixou um presente para a minha Princesa - uma Branca de Neve - .... mais um reforço positivo.

sábado, julho 19, 2008

blogues

Olá a todas(os),

Apesar das aulas já terem acabado tenho andado com imenso trabalho, e por isso não tenho colocado novas mensagens.
Em breve espero poder fazê-lo, bem, como visitar os vossos cantinhos.
No entanto há vários cantinhos que foram privatizados e que eu gostaria muito de visitar ou continuar a visitar.
Deixo-vos aqui o meu mail para que, se quiserem, enviarem-me um convite.
cristina.tudella@gmail.com

Obrigada
Bjs e até breve

segunda-feira, junho 23, 2008

Não estou grávida!!

Pois, depois de muito stress...lá apareceu o dito cujo.
Fiquei aliviada. Ainda bem que não estou grávida.
Apesar de querer engravidar novamente, este mês com a quantidade de exames que fiz e a quantidade de medicamentos que tomei, não era a melhor altura. Iria ficar ansiosa durante a gravidez, com medo que tivessem provocado alguma mal formação no feto.

Mas, a partir de agora SOU TREINANTE :-))

Negativo

O teste deu negativo.
Ainda não consegui falar com o médico.
Será que é só um atraso????
Nunca me aconteceu (o máximo de atraso que tive foram 2 dias e desta vez já vai em 9 dias).
Fiz um daqueles testes que se compram na farmácia.
Vou tentar fazer uma beta hcg. Não sei se precisarei de receita.

Depois dou novidades.

domingo, junho 22, 2008

E mais uma complicação...dos "deuses"

Pois é...não chegava o stress provocado pelo espectáculo...Devido ao dedo do pé partido, ao braço que não está a 100% e às 500 nódoas negras, comsequência das asneiras que faço, quando danço, para disfarçar o pé e para proteger o braço.

Desta vez, antes de entrar em palco espero que ninguém me diga "parte uma perna"...porque ainda se concretiza :-)

E não posso tomar NADA para aliviar as dores em palco. E sabem Porquê?????

Tenho uma semana de atraso do período!!!!!!!

E o meu período que é certinho (ou apressado). Atrasos...não é costume.
Mas, alguma vez poderá ser a primeira...
Amanhã faço o teste... não vale a pena dançar ainda mais stressada.

Este mês ainda não tinhamos começado os treinos...se tiver engravidado foi mesmo sem querer.
E estou um pouco preocupada se estiver grávida, pois fiz raioX, tomei ananase, volatren rapid, coloquei emplastros,... e ainda fiz uma mamografia (tenho que confirmar as datas, mas acho que foi na semana a seguir ao período).

Tenho passado a semana com a sensação que o período aparece...e nada.
Ontem, e hoje ,tenho andado ligeiramente enjoada...mas pode ser o stress...
Amanhã...dou novidades.

Beijinhos e desejem-me sorte...nem sei o que será melhor "estar grávida" ou "não estar grávida".

sexta-feira, junho 13, 2008

"Os deuses" não querem que eu dance...

Mas eu sou Teimosa!!!!!
Primeiro, foi uma lesão no braço que atrapalhou os ensaios.
Agora, parti o dedo mindinho do pé, nos ensaios.
E o espectáculo é no próximo fim de semana.
Mas eu VOU DANÇAR!!!
Desisto de uma coreografia pois teria que calçar sapatos...o que é impossível para mim neste momento.
Mas a coreografia descalça vou fazê-la. :-)
Ontem tive ensaio, e estive a descobrir "as batotas" que tenho que fazer para disfarçar alguns movimentos. A professora disse-me que as diferenças não são chocantes, e que no grupo nem se vão notar.
Vamos ver como corre...
Só espero é não levar nenhuma pisadela...

quarta-feira, junho 04, 2008

Encarregada de Educação :-)

Ontem a Filipinha foi à sua primeira "visita de estudo" :-) Ao parque infantil da zona...mas foi a sua primeira saída, da escolinha, com os amiguinhos.
E eu...tive que assinar a minha 1ª autorização.
Assinei com o coração nas mãos, apesar de ter 100% de confiança nas educadoras e nas auxiliares.
Ela já está a ficar "mais crescida", como ela diz :-)
E eu...também... a assinar autorizações, em vez de as escrever, e pedir aos pais dos meus alunos que as assinem.

P.S. E o passeio correu bem. Ela portou-se lindamente, e até fez novos amigos de outra escolinha :-)

terça-feira, maio 20, 2008

Já conhecemos a Raquel :-)



Na sexta feira passada fomos conhecer, pessoalmente, a Raquel.
Ela é LINDA!!!!
É tão parecida com a Natacha :-)
A Pipa adorou. (E eu também :-))
Agora...diz a toda à gente que vai ter uma Raquel. Não lhe podem falar em manos, nem em bebés, que vem logo com a conversa: "vou ter uma mana, uma Raquel pequenina".
E cá em casa, quando pega num dos seus brinquedos, de bebé, diz logo..."este é para a Raquel pequenina".

domingo, maio 11, 2008

Finalmente um diagnóstico :-)

Olá a todas(os)
Finalmente tenho um diagnóstico para o meu problema.
Sindroma dos anti-corpos Fosfolípidos (não sei bem se é assim que se escreve...)
É por isso que tive, antes da Pipa nascer, a análise do anticoagulante lúpico positiva e agora as cardiolipinas. Estes 2 aspectos, associados ao número elevado de abortos, são suficientes, segundo o médico, para fazer este diagnóstico.
E a BOA notícia é que há tratamento :-))
Irei tomar aspirina (imagino que de baixa dosagem) assim que começar com os treinos, e até engravidar. Assim que tiver o teste positivo, vou começar a tomar heparina. Será uma injecção por dia, durante os 9 meses da gravidez e mais 6 semanas após o parto. (Vou ter que aprender a dar uma injecção a mim própria para continuar a ser independente...acho que as primeiras não serão faceis, mas logo me hei-de habituar)
Com esta ajuda, terei a probabilidade de abortar que tem qualquer mulher com a minha idade.
Fiquei muito contente...Finalmente!!!!!
Sabendo a causa dá-me mais confiança para tentar de novo.

Mas, há outro aspecto MUITO POSITIVO desta descoberta. Quem tem este sindroma tem mais probabilidade de ter tromboses, tromboflebites, AVC,...
O que não é nada bom, mas como descobri que tenho o sindroma, posso ter alguns cuidados para os evitar. (Coisa que antes não fazia, pois nem imaginava que seria preciso)
Por exemplo:
- deixar de tomar a pilula;
- quando andar de avião tomar uma aspirina;
- antes de operações tomar anti-coagulantes;
- se estiver de cama, algum tempo, tomar aspirina.

Irei voltar a tentar engravidar a partir de Junho (para não interromper a minha dança, numa altura em que temos um espectáculo à porta).

O médico deu-me 6 meses para engravidar. Se isso não acontecer, voltarei lá, e ele irá observar o meu útero (por dentro) para ver se as curetagens me deixaram alguma lesão.

terça-feira, maio 06, 2008

Notícia de última Hora

BEM VINDA RAQUEL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
PARABÉNS À DUPLA MAMÃ MOKY , AO DUPLO PAPÁ, E À MANA NATACHA!!!
QUE SEJAM MUITO FELIZES!!!!
ADORO-VOS :-))

segunda-feira, maio 05, 2008

Não posso deixar de o fazer aqui...
Quero deixar UM GRANDE BEIJINHO à PS.
FORÇA AMIGA!!

quinta-feira, maio 01, 2008

Reportagem RTP- Dia da mãe

Domingo, dia da mãe, Telejornal, Canal 1.
Reportagem sobre a Perda Gestacional.

Dei o meu testemunho...em conjunto com outras 4 "meninas da Artémis".
Estava nervosa, mas assim que comecei a falar esqueci-me da camera.
A jornalista e o camera man foram super simpáticos, o que também ajudou.
Não sei como ficará a reportagem depois de montada, com certeza irão cortar imensas coisas que dissémos, mas espero que as ideias fundamentais não se percam.

As ideias que gostaria de ter passado:
- é possível ter um filho, mesmo após 5 abortos, o importante é ter força, não desistir e acreditar que é possível (comigo foi);
- é possível ter ajuda de outras mulheres que sabem o que se sente quando se perde um bebé;
- A associação Artémis existe e lá poderão encontar essa ajuda;
- em geral, o nosso sistema de saúde não dá apoio psicológico a quem passa por isto, e, muitas vezes ainda faz pior, ao juntar mulheres que acabaram de perder um filho (mesmo sendo apenas um ovo cego) com as mulheres que vão dar à luz.

Dia da Mãe - Lançamento de balões

No domingo, dia 4 de Maio, dia da mãe, a associação Artémis, está a organizar em 7 distritos do país, um LANÇAMENTO DE BALÕES. Cada um pode lançar um ou mais balões, consoante os bebés que não chegou a ter. Azul (se o bebé era um menino), Rosa (menina) e branco (se não chegou a saber o sexo).
Pode participar toda a família.
Em Lisboa, será no Parque da Nações, junto ao teatro Camões, pelas 16 horas.
Poderão fazer uma inscrição para o evento (não é obrigatório, mas ajuda na sua organização) enviando um e-mail para maes.lisboa@iol.pt.
Se estiverem noutra parte do país poderão fazê-la, enviando um e-mail para projecto.artemis@iol.pt.

É mais uma forma de simbolizar a perda e a dor de quem, infelizmente, passa por isto na vida. E será uma forma de chamar a atenção para este problema, que é tão pouco valorizado na nossa sociedade, e que leva imensas mulheres a sofrerem em silêncio.

Mais "Pipices"

- Mãe, porque é que os carros tão parados?
- Está sinal vermelho, Pipa. Quando ficar verde - disse, apontado para o semáforo - os carros começam a andar.
- É um jogo, mãe?

sábado, abril 26, 2008

"Pipices"

Entramos no prédio, e a Pipa vai a correr em direcção ao elevador... quando lá chega:
- Ganhei, ganhei - diz ela, contente - e tu pedêste.
- Então chama o elevador - digo eu, enquanto fecho a caixa do correio.
- Elevadori.

sexta-feira, abril 18, 2008

Novidades

Olá a todas,
Desculpem-me a ausência de notícias, mas tenho andado com imenso trabalho.

Já recebi, a resposta do hospital, à minha reclamação. Não fiquei "contente" com a resposta. Mas decidi terminar com a situação por aqui (tinha levantado a hipótese de fazer queixa na Ordem dos médicos).Estou cansada da situação, de falar sobre ela, e acho que não vai adiantar muito (apenas representará mais ansiedade para mim e fará com que reviva aqueles momentos maus). Infelizmente, o nosso SNS não tem médicos suficientes, e alguns são pouco profissionais...
Quando tiver tempo mostro-vos o teor da resposta do HSFX.

Em relação às análises tive, hoje, alguns resultados. Quase tudo negativo, à excepção:
- Complemento C4 - 41,8 (valores de referência: 10 a 40)
- Ac. Cardiolipina IGM - 25,4 (valores de referência: <20)

Claro que já pesquisei um pouco , na net, sobre isto, mas não consigo saber grande coisa. Tenho que esperar pela consulta e pelos outros resultados.

Bjs

sexta-feira, abril 04, 2008

Análises

Hoje, lá fomos fazer as análises...quase 400:-(
Mas, ainda vou tentar receber algum dinheiro do meu seguro.
Muitas das minhas, foram comparticipadas pela ADSE, senão... upsss

Agora é só esperar 2 a 3 semanas e depois irei novamente ao médico de infertilidade.

Serra Nevada



E lá passámos nós, as nossas primeiras férias, a dois, desde que a Pipa nasceu.

Há quatro anos que eu não fazia umas férias na neve e já tinha imensas saudades de fazer snowboard. Foi bom saber, que é como andar de bicicleta, não se esquece :-)
Deu para descontrair, mas vim de lá completamente "partida" e com a cara bronzeada.
Tentei aproveitar ao máximo, por isso fartei-me de "fazer " pistas. Ao fim de uma semana, os meus muscúlos, das pernas, ainda estão bastante doridos.
"Morri" de saudades da minha Pipoca. Estava sempre a pensar, em como será quando ela puder ir connosco. Será que ela vai gostar de esquiar???
Ela ficou com a minha mãe, e esteve sempre bem disposta. Só chamava por mim quando era contrariada. Por exemplo, quando não queria comer a sopa, aí dizia: "Quero a minha mamã".
Falámos várias vezes ao telefone e ela contava-me o que tinha feito. Por vezes começava a mostrar, fisicamente, alguma coisa, mas a minha mãe depois descrevia-me o que era. :-)
Ainda não percebe que, ao telefone, não a vejo.

domingo, março 30, 2008

Consulta

Olá a todas(os)
Na 3ª feira passada, antes da nossa partida para a serra nevada, tivémos consulta com um especialista em infertilidade.
Gostei imenso do médico. Pareceu-me um bom profissional, e tem uma característica que acho muito importante nos médicos- é humano.
Como eu já suspeitava, mandou-me fazer imensos exames. Vai tentar descobrir o que se passa connosco para que eu aborte tantas vezes. No entanto, diz que pode mesmo ser só azar... a minha idade também não ajuda.
Mas estou optimista.
( Basta lembrar-me da Matilde, não é Paula Sofia?)
Vou fazer, para além do cariótipo (que o Rui tb tem que fazer) as seguintes análises:
- hemograma;
- V.S.;
- VDRL;
- Factor reumatoide;
- Célilas LE;
- ANA;
- Ac. anti- DNA;
- Anti- SSA/ Anti- SSB;
- Lupus Anti-coagulante;
- Ac. Anti- Cardiolipina;
- Ac. Anti- Tiroideus;
- C3 / C4;
- Proteína S / proteína C / Antitrombina III
- Pesquisa de mutação Factor V leiden;
- Pesquisa de mutação MTHFR C677T;
- Pesquisa de mutação PT20210A.

Uma pequena fortuna em análises, segundo o médico.
Algumas já fiz, mas como foi em 2004, vou repeti-las. Umas sei o que são, outras nem faço a mais pequena ideia.
Nunca nenhum médico me mandou fazer tantas análises para pesquisar os abortos, por isso estou esperançada.
Aqui deve estar a resposta ao meu problema.
Só depois das análises, e de nova consulta, é que tentarei (ou não) dar um(a) mano(a) à Pipa.

sábado, março 22, 2008

Uma Páscoa Feliz para todos!!

segunda-feira, março 03, 2008

Petição

Olá a todas(os)

Um dos objectivos da Associação Projecto Artémis é a criação de uma Efeméride - Dia Nacional para a Sensibilização da Perda Gestacional - a ser comemorado a 15 de Outubro, com o intuito básico de:
- Chamar a atenção para a problemática da Perda Gestacional no nosso país.
- Oficialmente, conseguirmos que seja reconhecida por todos como um problema real.
- Honrar e celebrar a luta árdua que milhares de portuguesas enfrentam para dar à luz o seu filho.
- Quebrar o tabu envolto na ignorância / desconhecimento de um problema diário
- Dignificar o sofrimento e dar-lhe voz

Para tal, o processo reveste-se de parâmetros legislativos e normativos rígidos, com os quais já nos familiarizamos e podemos colocar em pratica. É-nos exigido um dossier, com a apresentação da proposta, e 4000 assinaturas, recolhidas através de petição.

Se quiserem assinar... petição

Eu agradeço-vos :-)

domingo, março 02, 2008

Artémis

Olá a todas(os)

A Associação Artémis precisa de voluntárias para o dia 8 de Março,dia internacional da mulher.
Quem puder, e estiver interessada em colaborar, vá ao site da associação e visite o forum, lá encontrará orientações.

Bjs

terça-feira, fevereiro 26, 2008

Novidades minhas

Fisicamente já estou melhor.
Psicologicamente é que tenho vindo a piorar.
Comecei a chorar, não por ter perdido o bebé ou por estar revoltada com o que me aconteceu, mas sim, sem motivo aparente.
Por várias vezes comecei a chorar por motivos "ridiculos", por exemplo, por a Pipa ter feito chichi nas calças, por o Rui dizer-me que chega mais tarde do trabalho porque tem uma reunião,...
Fiquei preocupada com isso e hoje fui ao meu médico, de medicina interna, que me disse para ter cuidado com as depressões. O normal é com o passar do tempo a dor ir atenuando e não o contrário.
Assim estou em "alerta amarelo".
Tenho que evitar entrar numa depressão.
Assim, amanhã volto ao trabalho (para estar BEM ocupada) e para a semana retorno às minhas aulas de dança (apesar de estar lesionada de um braço).
Nas férias da Páscoa vamos uns dias para fora com a Pipa, e depois, vamos deixá-la com os meus pais, e vamos, só os dois, uns dias para a neve, matar as saudades do snowboard. (Acho que vou morrer de saudades da Pipa, mas vai fazer-nos bem descansar e descontrair)

Novidades do bebé

Hoje soube, graças a um amigo, novidades do meu bebé.
Segundo a técnica que o examinou, não tinha nenhuma malformação grave que fosse visível.
O bebé já não estava em muito bom estado. Não só pela pressão que sofreu com a expulsão, como pelo facto de já estar morto na minha barriga há bastante tempo.
No entanto há exames que não podem fazer, porque ainda era um bebé de 8 semanas ou porque não estava em muito bom estado.

Isto são boas notícias. Pelo menos, é pouco provável que os meus abortos sejam consequência algum problema genético grave, que eu ou o Rui tivessemos (e que faria com a Filipa fosse "uma grande sorte").
Talvez seja algum problema hormonal ou imunológico, ou... mesmo muito azar junto.
Não quer dizer que este bebé não tivesse uma trissomia qualquer...mas ainda era muito cedo para a determinar. No entanto essas situações são azares... que quanto mais velhas, mais sujeitas a eles estamos.
Fiquei um pouquinho descansada.
Hormonal ou imunológico parece ser mais fácil de resolver (espero eu)
Vamos ver o que os exames dizem...

terça-feira, fevereiro 19, 2008

A minha cantora

A terra gira,
também sente,
vive e respira como a gente...

versão Pipa:
A guerra gira,
vicente,
vive e pira, como a gente...

Andei dias a descobrir qual era a música "do Vicente", do "CD do gato", que a Pipa queria ouvir. A do lixo e a da estela do mar, eu ia conseguindo pôr quando ela me pedia...mas a do Vicente era difícil. Qual seria?
Só este fim de semana, quando ela ia no carro, muito contente e entusiasmada a cantar, é que percebi qual era a música do Vicente. :-)

quinta-feira, fevereiro 14, 2008

Pipa

Esta manhã, ao pegar ao colo na Pipa ela disse-me: "mãe, não pode, tem um bebé na barriga".
(Isto era o que lhe diziamos, quando eu estava grávida, para que ela compreendesse que eu não podia fazer esforços.)
- Oh, Pipa, a mãe já não tem um bebé na barriga. Estava estragado. Qualquer dia a mãe arranja outro.
Ela olhou para mim surpreendida, e eu disse-lhe de uma forma entusiasmada : "Agora já posso pegar ao colo na minha Pipoquinha"
Ela fez aquele sorriso, de felicidade, que eu adoro :-)
E dei-lhe muitos beijinhos.

Passado algum tempo, o pai entrou no quarto para se despedir de nós. Ela disse-lhe, naturalmente: " O bebé tava estagado".

quarta-feira, fevereiro 13, 2008

E a saga continua...

Hoje, após ter ido ao centro de saúde tive que voltar ao hospital.
O médico do centro de saúde passou-me a baixa, apesar de não ter nenhuma prova escrita de que tinha sofrido um aborto. Papel que deveria ter trazido do hospital, passado pela médica que me fez a curetagem (que nem sei quem foi).
Voltei ao hospital para o pedir, mas parece que só o conseguirei amanhã.

Enquanto lá estive deu para perceber que não estou tão bem, psicologicamente, como pensava.
Cruzei-me com uma recém mamã, que vinha com o seu filhote na cama e, imagino eu, ser o pai ao lado, do bloco de partos para o quarto.
(Este foi um dos momentos que mais desejei ter, antes da Pipa nascer, e que passou tão depressa...)

Não aguentei e emocionei-me...
Ainda está "fresco" :-(

Primeira resposta do hospital

Já recebi a primeira resposta do hospital. :-)
O Conselho de Administração tomou conhecimento do conteúdo da minha reclamação, e remeteu-a para a Direcção do Serviço de Obstetrícia, afim de averiguar o sucedido com a assistência que me foi prestada na Urgência Obstétrica. Logo que tenham os esclarecimentos necessários enviarão uma resposta por escrito.

Fico, ansiosamente à espera.

Fisicamente, ainda estou a recuperar. Sinto-me muito cansada. Deve ter sido de ter perdido muito sangue e ter ficado anémica. Custa-me imenso a comer...não me apetece nada :-(´
Comer é mesmo um sacrifício, para mim, neste momento...tenho-me obrigado.

Psicologicamente estou melhor de dia para dia. Ter esperança no futuro está-me a ajudar a superar a perda do bebé.

Hoje vou a uma consulta no Centro de Saúde. Depois conto-vos como correu.

segunda-feira, fevereiro 11, 2008

A curetagem

Olá a todas(os),
Tive alta do hospital domingo de manhã.
Este aborto foi muito difícil, psicologicamente.

Quero agradecer às enfermeiras das urgências do HSFX todo o apoio que me deram, em especial, às enfermeiras: Vera, Viviana, Maria José, Patricia e Joana. Quero também agradecer ás enfermeiras e auxiliares do 4º piso que me deram a atenção necessária na altura em que precisei.
Por último quero agradecer à Dra Paula, por ter sido atenciosa comigo e ter demonstrado ser uma boa profissional.

Vou contar-vos a minha saga no Hospital... e o motivo pelo qual fico muito triste, e envergonhada, com o nosso sistema nacional de saúde. E pelo qual vou apresentar uma reclamação à entidade responsável.

Na 5ª feira, à meia-noite tomei o primeiro comprimido Cytotec. Depois voltei a tomar às 4h e às 8h, e a seguir fui para o hospital, em jejum, como me tinha "mandado" o médico que detectou o aborto retido.

Fui atentida por uma médica, Drª Paula, que foi muito atenciosa comigo. Explicou-me o processo, (que eu , infelizmente, já conhecia) e colocou-me os comprimidos no colo do útero para provocar as contrações e dilatar o colo. A seguir faria-me a curetagem.

Por volta das 17 horas a médica vem ter comigo para me fazer a curetagem, mas na altura eu já tinha expulsado o bebé (que foi colocado num frasquinho para análise) e ainda estava a perder sangue e a expusar conteúdo uterino. Por este motivo resolveu esperar...até podia ser que saísse tudo naturalmente e isso evitaria a curetagem, o que seria óptimo.

No entanto, pouco tempo depois, as contracções acabaram e comecei a perder pouco sangue.
Fez-me uma eco e como ainda tinha restos decidiu avaçar para a curetagem. No entanto, tal não foi possível pois estava a decorrer uma cesariana de emergência. Decidiu então colocar oxitocina no soro para provocar novas contracções do útero.

Fiquei à espera... com esperança que tudo se resolvesse sem recorrer à anestesia geral.

Entretanto eram 21h, mudança de turno. Disseram-me que a equipa que iria entrar ao serviço iria reavaliar a minha situação e, ou avançaria para a curetagem, ou até poderia tentar mais "uma dose" de oxitocina.

Aí começou o meu pesadelo.

Fiquei à espera que os médicos aparecessem...

Às 2 da manhã, já um pouco furiosa, pedi que, se não me iriam fazer a curetagem nessa noite pelo menos me dessem de comer. Às 2 e meia lá me trouxeram um leite, pão e bolachas. Os médicos...nem vê-los...`

Acho que por volta das 5 da manhã um enfermeiro (ou seria médico...nem sei) veio ver se eu estava a perder sangue, e como perdia pouco mandaram-me para o 4º piso - internamento de ginecologia, dizendo-me "de manhã desce para lhe fazerem a curetagem". ( Pelo que percebi estavam com falta de camas nas urgências/recobro).

Na manhã seguinte, perguntei quando descia. Pelo que uma enfermeira me respondeu : "Ah! Se calhar não desce de manhã, eles estão muito ocupados, têm 3 curetagens e 1 cesariana."

E eu???????? O que estou cá a fazer??????

Comecei a entrar em desespero e desatei a chorar. As enfermeiras, e as auxiliares foram queridas e tentaram animar-me. Não me deixaram sozinha... telefonaram e insistiram com as médicas de serviço, pelo que passado um bocado lá fui eu novamente recambiada para a urgência, onde me fizeram uma eco que confirmou a necessidade de fazer a curetagem.

As médicas pareciam zangadas pois o "turno da noite" tinha deixado 3 curetagens por fazer. (Os tais médicos "fantasmas").

Este dia foi terrível para mim, do ponto de vista psicológico. O que vale é que tenho a Pipa e as lembranças dela, da gravidez dela e do parto iam me dando força. Posso não voltar a passar por esse momento maravilhoso, mas já o tive, pelo menos uma vez na vida (até sou sortuda). E isso ajudava-me naquele momento, em que à minha volta, só via grávidas a dirigirem-se para a casa de banho para mudarem de roupa e ficarem internadas para terem os seus bebés. Ouvia os batimentos cardiacos dos bebés durante os CTG... era duro.

No entanto, o facto de já ter expulsado o bebé, e portanto já não o ter, morto, na minha barriga tb me ajudava do ponto de vista psicológico.

Continuava à espera...em jejum. Fartei-me de chorar. Tentava -me controlar, especialmente quando comecei a partilhar o quarto com uma grávida, mas estava a ser muito difícil. Só queria ir-me embora, sair dali e ir para casa abraçar a Pipoquinha. Já não a via desde 5ª de manhã e nunca tinha estado tanto tempo sem ela. Nem falar ao telefone, com ela, podia pois não me deixaram ficar com nada meu.

As enfermeiras eram umas queridas, ouviam os meus desabafos, tentavam animar-me fazendo-me perguntas sobre a Pipa. Sempre que podiam, chamavam o Rui para me vir dar um miminho. E ele lá ficava comigo até alguém o mandar embora. (Ainda tentámos ligar à minha mãe para saber notícias ou falar com a Pipa, mas não tinhamos rede no quarto).

Éramos 3 para fazer curetagem. Quem seria a primeira?

As outras duas foram primeiro que eu. Apesar de terem entrado no Hospital depois de mim, mas perdiam mais sangue e o meu caso parecia estabilizado.

Da porta do meu quarto via -as a entrarem e a sairem do bloco operatório... estava ansiosa, e nervosa, à espera da minha vez.

A última saiu... Finalmente sou eu, pensei.

Mas, chegou uma grávida em trabalho de parto com a dilatação toda feita e um bebé transverso. Cesariana de emergência... as médicas e anestesistas começaram a correr em direcção a outro bloco.

Fiquei desiludida, mas compreendo perfeitamente o facto de eu ter ficado para trás... há situações muito mais importantes, e a vida daquele bebé e daquela mãe são muito mais importantes do que o meu sofrimento psicológico.

Durante umas horas parecia não existirem médicas na urgência do hospital. Já não chamavam ninguém que estava à espera para ser atendido nas urgências nem se viam a andar de um lado para o outro, nos corredores.

E eu continuava à espera...nesta fase estive mais calma, tive a companhia do Rui e sabia que a seguir seria a minha vez.

Mas, a cirugia acabou...e eu continuava à espera.

Estava sempre a perguntar às enfermeiras quando era a minha vez. Elas diziam-me para ter paciência... uma delas dizia-me que estava a pressionar as médicas para me atenderem. As próprias enfermeiras pareciam solidárias comigo e compreendiam o meu sofrimento.

Perto das 19 horas vêm-me dar más noticias : "já não me iam fazer a curetagem".

Desesperei. Disse que me queria ir embora, o que estava ali a fazer desde a véspera e em jejum??? Já pensava sair dali e ir a uma urgência de outro hospital ou até para o privado e pagar pela curetagem...já não aguentava mais a pressão psicológica.

O Rui entretanto apanhou também uma das médicas e começou a refilar.

O que é certo é que 5 minutos depois, já eu estava no bloco operatório. FINALMENTE às 19.30 era a minha vez de acabar com este sofrimento.

Ainda tive um ataque de choro na sala de operações. Não era só pela tensão que sentia e pela vontade de sair dali, mas era o facto de comparar esta situação ao primeiro aborto que fiz, nesse caso no HGO, em que estava de mais tempo de gravidez, mas tinha uma "CUNHA" no Hospital e isso, INFELIZMENTE no nosso país, parece fazer toda a diferença.

As médicas anestesistas foram super queridas, lá me acalmaram e adormeci.

Finalmente acabou!!!

Quando acordei da anestesia parecia outra pessoa. Voltei a ter força. Voltei a ter esperança no futuro. Voltei a sorrir.

Quase que tive alta no sábado às 11 da noite, mas o facto de ter perdido muito sangue, na véspera na altura da expulsão, e a minha tensão estar a 7-3, não me deixaram sair. Fizeram uma análise ao sangue, mas felizmente não precisei de levar trasnfusão.

Saí domingo de manhã. :-)

Agora ainda estou a recuperar fisicamente. Sinto-me cansada. Não tenho fome. E ando enjoada (especialmente à noite), não sei se ainda não serão enjoos provocados pelas hormonas da gravidez.

Psicologicamente vou estando melhor. Já me adaptei à ideia de que já não estou grávida. Apesar de me sentir muito triste,de vez em quando, mas o tempo há-de curar... cura tudo!!

E não vou desistir!!!! Vou fazer exames e tenho esperança de poder voltar a tentar engravidar. E essa esperança dá-me força e anima-me.

Se tiver que desistir...pelo menos tenho a minha querida filhota que ADORO!!!!!!!!!!!!

E desculpem o testamento.......




quinta-feira, fevereiro 07, 2008

Más notícias!!

Olá a todas(os)
Não tenho boas notícias. :-(
Esta manhã tive uma pequena perda de sangue pelo que fui às urgências do Hospital a seguir às aulas.
O bebé já não tem batimento cardiaco. Tem o tamanho de, aproximadamente, 8 semanas, pelo que já morreu há umas semaninhas. :-(
Daí a diminuição dos enjoos...

Esta noite vou começar a tomar uns comprimidos e amanhã vou fazer uma raspagem :-(
Estou triste...como calculam...mas não estou tão mal, como tive antes de ter a minha Pipoquinha.

Depois vou fazer exames, pois não me apetece passar por tudo novamente. E só depois disso decidiremos se tentaremos de novo um(a) mano(a) para a Pipa.

Depois dou notícias...

quarta-feira, fevereiro 06, 2008

Quase 12 semanas...

Para a semana, dia 13, tenho a eco das 12 semanas e por isso já ando com nervoso miudinho.

Os enjoos já quase que passaram...pelo menos a fase mais complicada, mesmo tomando o nausef, parece já ter acabado.

Mas, felizmente, não passaram na totalidade, pelo que sei que o meu bebé continua a desenvolver-se.

Esta fase, enquanto não sentimos o bebé não é fácil, especialmente para quem já abortou tantas vezes como eu.

Depois venho cá dar novidades...



P.S. Algo me diz que desta vez será um rapaz...será?

Carnaval 2008


E lá nos mascarámos mais uma vez...
A Pipa de cachorrinho e eu de ovelha.
Mas eu não era uma ovelha qualquer... era uma ovelha branca (titular)e estava inserida num grupo que incluia para além de algumas iguais a mim:
- outras ovelhas, negras (professores de 2ª);
- um cão (Gualter Remos);
- um lobo mau ( adivinhem quem?);
- o pastor (O Director);
- alunos a comemorarem o seu novo estatuto : " NUMKA MAIS XUNBAMOS, JÀ NUS PUDEMOS BALDAR".
Há que brincar com as nossas tristezas...
P.S. Ficámos em segundo no concurso das máscaras...ganharam umas abelhas...porque será?

Jogos de professores

Mais uma vez, lá fomos nós para os Jogos dos professores.
Foram uns dias muito bem passados em Cabanas de Tavira.
A Filipinha adorou.
Este ano, com muita pena minha, não pude fazer nenhuma actividade.
Ainda tentei a hidróginástica (acompanhada da Pipa), mas tive medo de estar a abusar.


Por isso aproveitei, apenas, para passar uns momentos muito bons com a minha Pipoca.

quarta-feira, janeiro 30, 2008

Dias nada faceis :-(

A Filipinha está com aftas.
Farta-se de chorar :-(
Não quer comer, mas está cheia de fome. Está sempre a pedir papa, mas assim que prova começa a chorar e a dizer "dói-dói". Parte-me o coração.
Na creche ainda acaba por comer alguma coisa, mas em casa, não sei se é do sono, mas não come nada.
Ontem consegui que comesse um pouquinho de sopa e gelado. Hoje ainda só consegui um pacotinho de leite :-(
As últimas duas noites foram um inferno. Ela passa a noite quase toda a chorar. Sente a falta da chucha, mas assim que tenta chuchar começa a chorar. Pede várias vezes biberão, mas não consegue beber. Começa a queixar-se que está quente,...está frio...
Tem ido para a nossa cama a meio da noite, pois ao colo (alternando entre o meu e o do pai) sempre vai acalmando mais um bocadinho.
É tão difícil vê-la assim.
O Pediatra disse para lhe dar-mos ben-u-ron, mas não alivia suficientemente a dor e o incomodo. :-(
Nós os dois andamos de rastos com o sono. Eu então quase que adormeço durante o dia depois de tomar o nausef.
Vamos ver como será esta noite... :-(

segunda-feira, janeiro 28, 2008

Novidades da Consulta

Primeira consulta no HSFX:

O balanço foi positivo. Gostei das enfermeiras e restante pessoal com quem me cruzei (análises e DPN).
A médica obstetra que me observou, e que possivelmente me irá observar, novamente, daqui a 1 mês, foi o único senão, pois deve muito à simpatia. Acho que em toda a consulta, não deve ter olhado para a minha cara uma única vez. Mas eu já estava à espera disto, pois já tinha lido no forum do Clix críticas a esta médica. E ainda bem que as li pois fui preparada para isto, e o comportamento dela não me afectou. Esteve atenta aos papeis e ao que lhe fui dizendo sobre o meu passado. Pareceu-me eficiente e competente a nível clínico.
É pena que ainda existam médicos com atitudes destas, em que a componente humana não é valorizada. Mas, infelizmente, é o nosso país...
Já tenho "calo" pelo que isto não me afecta.
Acho que depois daquela enfermeira ou auxiliar, nem sei o que era, que me disse: "É mesmo para doer", durante a fase de dilatação, para o aborto da minha primeira bebé, em que eu estava com muitas dores e com medo do processo (não sabia como iria ser a expulsão e não queria ver a minha bebé), e virou-me as costas e saiu do quarto, deixando-me sozinha, angustiada e cheia de dores(contracções), acho que aguento tudo.

Agora volto lá dia 13 de fevereiro para a eco das 12 semanas, e dia 26 para a consulta.

Quanto à proteína na urina indica que tenho uma infecção, mas nada de grave, nem vou fazer nenhum tratamento nesta fase.

domingo, janeiro 27, 2008

10 semanas e 2 dias

Olá a todas(os)

Cá estou eu a contar as novidades das minhas 10 semaninhas de gravidez.
Os enjoos continuam, mas estão MUITO MELHORES!!! Há já duas semanas que não vomito. E, se não me esquecer de tomar o nausef, não me sinto muito mal.

Já se nota imenso a barriga. Na escola já todos sabem (alunos inclusivé) pois já comecei a usar roupa de grávida.
Os meus alunos do 5º são uns queridos...todos os dias querem saber as novidades do bebé , fazem comentários ao crescimento da barriga e trazem-me sugestões para o nome do(a) mano(a) da Filipa. :-)

De vez em quando, há alguém que diz à Pipa: "Vais ter um mano!"
Ela emenda logo : " Uma MANA!!!"
Se for um rapaz...vai ser um problema para a convencer que também é bom...

Amanhã, vou ter a primeira consulta de Alto Risco no Hospital. Estou um pouco ansiosa. Especialmete porque mudei de Hospital e neste, não conheço ninguém...mas espero ficar em boas mãos. Depois venho cá contar...

Já fiz as análises do 1º trimestre e não estão muito boas... há valores um pouco alterados (por isso a minha ansiedade e preocupação com a consulta de amanhã). Tenho proteína na urina e os Eritrócitos na urina também estão altos.
Já comparei os resultados com os das gravidezes anteriores e nunca tive proteína na urina.
Eu não percebo nada disto, mas sei que se tivesse tensão alta a proteína na urina era um grande problema. Mas a minha tensão é baixa... e até anda muito baixa. A maior parte das vezes está 5; 8,5.

Aos poucos tenho me adaptado à ideia de ter um novo bebé...e a vontade de ser novamente mãe tem vindo a aumentar.
No entanto, esta está a ser uma gravidez completamente diferente da gravidez da Filipa. Na altura, a gravidez , era o aspecto mais importante, mais significativo e vivido com mais intensidade. da minha vida. Nesta, estou muito mais calma e apesar de ser muito importante, não a sinto como o "centro" da minha vida.

sexta-feira, janeiro 25, 2008

Desculpas :-)

- Pipa, sabes o que a mãe queria? Um beijinho e um abraço.
- Não "pódo", tou cansada.

segunda-feira, janeiro 14, 2008

mano(a)


Aqui está o bebé :-)
Com 7 semanas e 3 dias.
Não pensei que já desse para ver tanto :-)
Na minha primeira gravidez fiz a primeira eco às 8 semanas(pois tive uma perda de sangue) e apenas se via uma "bolinha" com um coraçãozinho.
Este bebé já é mais crescido :-)

terça-feira, janeiro 08, 2008

Coração...

e perninhas e braçinhos e coluna :-))
Foi o que vi , ontem, na ecografia.
Estou super feliz.
Depois tento passar por aqui pois queria colocar uma "foto" do bebé. Por agora tenho que me ir deitar e ficar bem sossegada pois os vómitos~estão fortes.

Obrigada

sexta-feira, janeiro 04, 2008

7 semanas

Ainda não foi hoje que vi o coraçãozinho do meu bebé :-(
Tinha planeado passar hoje pelo consultório da minha médica, para fazer uma eco rápida, apenas para confirmar a existência de um coraçãozinho.
Acordei nervosa e ansiosa...já há muito tempo que não me sentia assim. Nem telefonei para o consultório, para não correr o risco de me mandarem ir lá apenas à tarde. E por isso, depois de levar a Pipa à creche, pus-me a caminho de Cascais.
Quando lá cheguei, e toquei à campanhia, tive um feeling que não ia conseguir fazer a eco hoje. E acertei :-(
A médica estava num parto. Nem me sabiam dizer se voltaria à clinica hoje.
Assim, ficará tudo adiado até à próxima semana :-(
Queria tanto TER A CERTEZA que está tudo bem.

quinta-feira, janeiro 03, 2008

PARABÉNS!!!!

Hoje é a vez do PAI cá de casa fazer anos.
PARABÉNS RUI!!!!
Vou agora buscar a Filipa à escola e vamos, as duas, fazer um Bolo :-))

quarta-feira, janeiro 02, 2008

Obrigada a todas(os).
Tive um dia de anos feliz :-)
Só não foi perfeito pois estive enjoada. Mas, vendo o lado positivo, isso significa que o meu bebé está bem :-)
Ainda não fiz uma ecografia para ver o coraçãozinho do bebé. Essa será a segunda etapa, importante, da gravidez. Talvez na sexta...

Tenho andado muito enjoada. Para começar bem o ano vomitei, ontem, pela primeira vez :-(
Até aí conseguia controlar os vomitos comendo, comida ou pastilhas elásticas, mas ontem à noite já não consegui. Isto não está a ser fácil, pois ando bastante enjoada, apesar de já andar a tomar o nausef.

Amanhã começo as aulas.
Nas gravidezes anteriores tinha alunos mais velhos, pelo que se os tivesse que deixar sozinhos na sala de aula para ir vomitar, não havia problema. Este ano, com alunos tão pequeninos nem sei como vai ser... estou um pouco preocupada. Pelo sim, pelo não, já coloquei um saco de plástico na minha mala. :-(
Às vezes dou por mim a pensar porque me meti outravez numa gravidez????
Mas sei que é só uma fase...e tento me lembrar dos aspectos positivos, para arranjar força.