sexta-feira, fevereiro 25, 2005

Correu bem :-))))))

Pois é... a amniocentese correu bem. Foi tão fácil e rápida.
Da outra vez tinha sido muito mais complicada e com umas agulhas muito maiores. Tinha sentido a agulha a "trespassar" a carne, coisa que desta vez não aconteceu. Desta vez senti só a picada e um pouquito depois a médica disse que já estava. Foi mesmo rápido :-)
Há mesmo uma grande diferença em fazer-se às 16 semanas (normal) e às 13 semanas ( o tempo que tinha da outra vez).
O bebé portou-se bem :-)
Estava a mexer-se quando a médica fez a ecografia para escolher o sítio em que iria picar. Quando decidiu o local, sua excelência(ehe,) pôs lá o pézinho. Ela teve que carregar no útero para ele retirar de lá o pé, mas o "piolho" é teimoso, e lá voltava a pôr o pé no mesmo sítio. Por fim, a médica "ganhou" :-) e lá picou. Assim que a agulha entrou, no útero, ele ficou muito quietinho. Eu estava a ver, pela tv...quase nem respirava, nem me mexia com medo que ele fizesse algum movimento com o pé e acertasse na agulha. Mas portou-se muito bem:-)

Ainda não sei o sexo. A médica não me disse e eu nem perguntei. Na altura só queria saber se ele (o bebé) estava bem e saber o sexo passa logo para segundo plano e perde toda a importância. Eu tenho andado curiosa com isso, mas na altura "h", não dou nenhuma importância e nem me lembro de perguntar a médica. Só quero ouvir aquelas palavras "o bebé está bem e parece ter tudo normal" :-)

Mais uma batalha ganha. Agora é só esperar pelos resultados. Demoram aproximadamente 15 dias.

Estive 2 dias em repouso absoluto. Hoje levantei-me, mas vou ficar por casa, sem fazer nenhum esforço e a descansar o mais possível.

Acho que JÁ SINTO O BEBÉ :-)
Há alguns dias que eu desconfiava, mas agora acho mesmo que é :-)
O facto de estar deitada, sem fazer nada, deu para perceber que deve ser ele. Claro que não o sinto o dia todo, ainda foram poucas as vezes...mas é tão bom :-)

Quanto ao teste de Coombs (devido ao meu sangue ser RH-) está negativo, o que significa que não tenho anti corpos contra o RH+. Depois da amniocentese levei uma vacina por prevenção.

Agora é esperar e descansar :-)

Muito obrigada pelas vossa preocupação e pela força que me têm dado.
Um grande beijinho aos visitantes do blogue.

terça-feira, fevereiro 22, 2005

16 semanitas :-)

Pois é...já cheguei às 16 semanas...às vezes nem acredito...tenho que me "beslicar" para ver que é verdade.

Não tenho dado notícias pois tenho andado um pouco ausente da net. Como estou de baixa, quando ando por aqui, resolvo pesquisar sites de gravidez e depois fico preocupada...apesar de estar optimista, o medo é grande.
Acho que é devido a aproximar-se "uma das horas h"...é a semana que anseio há muito tempo pois vou fazer a amniocentese.Acho que é como se fosse uma prova final...

Eu sou daquelas pessoas que o "antes" é o mais difícil. Eu sou forte a encarar os problemas quando eles existem, mas a espera e o não saber deixam-me mais ansiosa e é nas alturas que sou mais fraca.

Mas não ando "mal". Não quero é estar demasiado ansiosa para o meu bebé não sentir essa ansiedade. Não deve ser nada bom para ele...o seu batimento cardiaco já é tão acelerado que com ansidade...nem sei...coitadinho. Por outro lado, convém que ele esteja calmo para não se mexer muito amanhã, na altura do exame.

Ontem fui ao médico. Está tudo bem. Não fiz ecografia, mas ouvi o seu coraçãozinho acelarado. É tão bom :-)

Fiquei feliz tb pois o teste de Coombs deu negativo (eu tenho sangue RH negativo e o Rui rh positivo). Isto significa que ,naquele momento, não tinha anticorpos contra este factor. Isto é bom, pois estava com algum receio por abortado tantas vezes e naquelas , em que o aborto foi no inicio, não tinha tomado a vacina.
Ontem voltei a fazer o teste, e amanhã, antes da amnio vou buscar o resultado.
A seguir ao exame terei que levar a vacina.

Amanhã, para além da amniocentese tenho marcada uma ecografia morfológica limitada. Não sei o que será, mas imagino que vão ver, aquilo que puderem do bebé e tb da placenta. Espero que dê para ver o sexo pois estou curiosa. É ao que me tento agarrar para pensar numa coisa boa e levar "para longe" os pensamentos dos riscos, etc.

Vou ficar sem vir aqui durante alguns dias, pois vou seguir à risca, o repouso.

Beijinhos a todos os que "passarem por aqui" e torçam para que tudo corra bem e para eu não ser novamente um daqueles casos em que há azar. Obrigada :-)

sexta-feira, fevereiro 11, 2005

Barrinha

Lilypie Baby Ticker
Como a minha barrinha já está muito lá para trás, e como eu adoro ver cada dia que passa :-) , cá esta ela novamente.
Estou mesmo "babada" com a minha barriguinha.

Mónica

Hoje a Mónica vai nascer :-)
A Mónica é a primeira filha da minha amiga Lena e vai nascer logo à tarde de cesariana, por volta das 17 horas. Imagino o nervoso miudinho da Lena e ao mesmo tempo a extrema felicidade pois está quase a conhecer a sua filhota.
Muitas Felicidades para os três!!!!!!

quarta-feira, fevereiro 09, 2005

14 semanas e 1 dia

RECORDE!!!!!

Bom dia a todas e todos os que visitam o meu blogue :-)
Hoje estou feliz pois sinto que é mais uma etapa ganha. Estou grávida de catorze semanas e um dia :-)
Nunca tinha atingido esta "idade gravitica".
A partir de agora já não posso comparar esta gravidez com nenhuma outra, pois pela primeira vez passo as 14 semanas.
É mais uma vitória. É mais um motivo de felicidade e é mais uma forma de me tornar cada vez mais optimista.

Hoje quero deixar dois beijinhos muito grandes a duas amigas, à Paula Sofia (desejo-te muita força e vou torçer muito por boas noticias na consulta) e à Rita ( que vai passar os proximos dias numa muito situação dificil, mas acredito que seja a resolução definitiva do seu problema). MUITA FORÇA!!!!!!!!!

Não posso deixar de comentar uma mensagem que me fizeram ao post anterior, pois não concordo com algumas coisas que foram ditas.
Em primeiro lugar, os resultados da amniocentese, bem como de outros os exames invasivos, são 100% fiáveis. É impossível obter-se um falso positivo ou um falso negativo(o que não acontece com outros exames, como por exemplo,o rastreio pré natal). Até eu, que não sou médica mas sempre me interessei por biologia e em particular pela genética, olho para um cariótipo e consigo identificar alguns problemas, nomeadamente, as trissomias.

As unicas hipóteses de falhar seriam a troca, nos laboratórios, das amostras de liquido ou no caso de gravidez múltipla, os médicos que efectuarem esta técnica cometerem o erro de retirar o liquido do mesmo saco embrionário. Estes riscos parecem-me ser muito reduzidos, pois tenho confiança nos nossos profissionais e erros desta natureza seriam extremamente graves e, mais tarde ou mais cedo, seriam detectados.

Claro que o facto de um bebé ter o cariótipo normal, não quer dizer que esse bebé não terá nenhum problema. Um problema, grave, ao nível genético não terá concerteza, mas poderá ter malformações de outros tipo. Para isso existem as ecografias mas, esses sim, não são métodos de diagnóstico 100% fiáveis.
Com o avançar das novas tecnologias e com bons profissionais de saúde, nós poderemos ficar mais descansadas pois, pelo menos, a probabilidade de haver problemas diminui grandemente. E temos que pensar que a maior parte das gravidezes corre bem.

Há ainda problemas, que podem surgir aquando do parto, e que nós não poderemos fazer nada para que não aconteçam, e que podem deixar lesões no bebé. Para isso temos que ter confiança na equipa médica que nos segue a gravidez e que fará o parto.
Claro que aí não há certeza que tudo corra 100% bem. É o risco que temos que correr, mas temos que ter fé e afastar essas ideias da nossa cabeça pois só ficariamos angustiadas e não vale a pena sofrer por antecipação, muito menos por uma coisa que o mais provável é não acontecer.

Concordo com o facto de que quem quiser assumir um bebé independentemente do seu problema, mesmo cromossómico, que não deva fazer a amniocentese. Aí não vale a pena.

Eu já tive um bebé na barriga, e que já tinha uma relação afectiva, em que, durante 15 dias, sabia que a probabilidade de ele ter anormalia cromossómica era superior a 75%. Pensei muito no que faria se isso se confirmasse. Pesquisei na net sobre todos os problemas cromossómicos que exitem e qual é a qualidade de vida de pessoas com determinadas deficiências. Há umas mais grave do que outras e há muitas incompativeis com a vida. Será que vale a pena ter um filho que vai morrer à nascença ou até mesmo durante a gravidez? Não será melhor interromper essa mesma gravidez quando ele ainda não está completamente formado e numa altura em que sofrerá muito menos?
Claro que há problemas mais "simples": A trissomia 21 pode ser compatível com a vida e o Sindroma de Turner também. Aí cabe aos pais tomarem a difícil e dolorosa decisão do que hão-de fazer. E nós, quer passemos por uma situação dessas ou não, só teremos que respeitar a sua decisão.

Desejo a todos um resto de boa semana.

segunda-feira, fevereiro 07, 2005

Amniocentese

Estou desejosa que chegue o dia 23 de Fevereiro. Vou fazer a amniocentese nesse dia. Depois será repouso absoluto durantes uns diazitos.
Estou optimista, mas como só há certezas depois de fazer este exame, estou desejosa de que chegue o dia. A espera é o que me provoca ansiedade.

Na outra gravidez fiz uma amniocentese, mas estava apenas com 13 semanas e 5 dias. Custou-me um bocado. Não por doer, mas porque faz impressão sentir a agulha a trespassar a "carne".
E como ainda tinha pouco liquido tiveram-me que picar duas vezes e "escarafunchar" um pouquito para tentar apanhar mais liquido.Na altura como sabia que ia abortar nem fiz repouso nenhum, mas nem assim perdi o bebé. Perdi apenas um pouco de liquido amniótico, mas nada de grave.

Desta vez já a farei com 16 semanas e 2 dias. Imagino que será mais fácil. No hospital já me deram uns comprimidos para tomar nesse dia, ao pequeno almoço e à noite. Vou fazer um super repouso absoluto. Não vou arriscar nada.

A probabilidade de se perder o bebé devido a este exame infasivo é de 0,5%, que é exactamente igual, na minha idade, à probabilidade de ter um bebé com problemas cromossómicos. Por isso e por já ter tido uma gravidez de um bebé com trissomia, optei por fazer este exame. Acho que de outro modo não conseguiria estar descansada o resto da gravidez.

Perguntei ao médico, se o facto de ter tido aqueles 3 abortos espontaneos aumentava o risco de perder o bebé neste exame e ele respondeu-me que não.

A minha médica disse-me que tinha bastante espaço no útero para se fazer a amniocentese. Deve ser por isso que tenho uma barriga tão grande.
Tenho andado a beber muitos liquidos...dizem que ajuda.

Agora é esperar... e ter fé que tudo corra bem.
Estou optimista. Acho que já tive a minha dose de azar.

quinta-feira, fevereiro 03, 2005


Esta é a minha cadelinha.
Tem sido a minha companhia diária. A minha "querida" e a minha "dor de cabeça".
Isto de se estar em repouso causa algumas dificuldades. A Tusquinha vai menos vezes à rua...só vai de madrugada e ao fim do dia quando o Rui chega. Por isso, cá em casa tenta fazer muitas asneiras, tenho que andar sempre de olho em sua excelência..eheh
Ela é muito maluca e cada vez está mais mimada( estes donos andam a estragá-la com mimos).
Anda o dia inteiro atrás de mim, mas eu não brinco com ela como brincava para não fazer esforços.
Vamos lá a ver se quando o bébé nascer ela não terá muitos ciumes...
Tusquita Posted by Hello

quarta-feira, fevereiro 02, 2005


12 semanas Posted by Hello
Aqui uma "foto" do nosso bébé com 11 semanas e 2 dias. Não é o melhor ângulo, mas foi o que se pôde arranjar :-)
Não sei se reparam, mas ele (o bébé) está com as maozinhas em torno da cabeça. Parece que gosta de dormir assim :-)