segunda-feira, outubro 24, 2005

Um Ano :-(

Hoje faz um ano que o Nini foi preso.

Como é possível ainda não se ter realizado o julgamento? Se fosse pelo facto da "policia judiciária" venezuelana andar em investigações...era injusto, mas compreendia-se um pouquito, mas pelos sucessivos adiamentospor razões absurdas é muito difícil aceitar.

O Nini não deveria estar preso, deveria era ser condecorado pela União Europeia por ter impedido que quase 500 kg de cocaína pura entrassem no espaço comunitário.

6 comentários:

Paula disse...

É realmente impressionante... mas isto há-de ter um fim!!!!
Muitos beijinhos para vocês!!!
Paula Sofia

Tia Moky disse...

Estou como a Sofia, vai ter um fim!!
O que eu desejo é que seja o mais breve possível! Por ele, pela família e pelos amigos!

InêsN disse...

lembro-me sempre de ti a cada vez que vejo a notícia na televisão...
não imagino o que seja estar preso injustamente tal como não imagino o sofrimento de todos os que lhe estão próximos...
um beijo grande!!

... disse...

Estou como a Inês...tb me lembro sempre de ti quando vejo notícias sobre o teu amigo Nini...deve ser um sofrimento enorme, e que já dura há um ano. Torço muito por ele e para que tudo acabe depressa. Será que era possivel fazer alguma coisa por ele aqui em Portugal?? Tipo uma petição a circular, uma manifestação pública, ou qualquer outra coisa? Se for preciso juntar gente ou assinaturas, conta comigo.

Beijinho
Mocas

Vera Angélico disse...

Também nos lembrámos ontem de ti, lá em casa, ao ver a reportagem na televisão. É injusto, incompreensível, inqualificável. É assustador e revoltante o facto de não haver mais pressão política por parte dos nossos governantes. É tudo de mau. Nem imagino o sofrimento das pessoas envolvidas.
Resta-me esperar que tudo se resolva rapidamente... ou pelo menos tão breve quanto possível.
Beijinhos!

Cristina disse...

Obrigada pelas vossas palavras...tem sido um pesadelo vivido por aquela família :-(

Temos alguma esperança que se resolva em breve...mas isto porque a esperança é a ultima a morrer :-(

O governo devia ter pressionado logo...antes de formalizarem a acusação. Ou então deviam pressionar para separarem os processos.
Acho que ainda há muito por fazer diplomaticamente.

Beijinhos