segunda-feira, fevereiro 08, 2010

Foi há 2 anos...

Hoje estou tristonha :-(
Faz dois anos que fui internada no hospital para fazer a minha (espero) última raspagem. Foi um dia muito duro para mim... e as recordações que guardo desse dia deixam-me especialmente triste. Eu, que até acho que sou forte, naqueles dois dias desesperei. Achei que nunca mais tentaria engravidar... naqueles dias desisti...mas foram só aqueles dias...

E hoje, ao constatar que já passaram 2 anos e que eu ainda ainda nem consegui engravidar novamente, fez-me perder um pouco a esperança...
Será que irei conseguir engravidar novamente, e quando???!!! Será que conseguirei levar a gravidez até ao fim???!!! Será que terei energia e força para me manter nesta luta???!!! Até quando??!

Hoje precisava de descarregar as emoções, mas não posso..., por isso contenho-me (e desabafo aqui).

Enfim...amanhã é outro dia...

Bjs

4 comentários:

Sara MM disse...

Oh linda........ e não disseste nada!!
Não podemos falar só das minhas desgraças!
Nada de continuar tão discreta quando tens tanto para desabafar, tá?
Despois ligo-te (agora é a minha vez de estar preocupada copntigo!!)

Bjss
sara

Maria disse...

Ai amiga, que ando como tu...
O tempo passa e nada, as coisas correm mal, as questões põem-se...
Mas há que acreditar sempre ;)
bjs grandes

nariguda e Bia disse...

Minha querida podes contar comigo. Sei que não nos conheçemos, mas sei o que estas a passar. Não podes deixar remoer, pois faz te muuto mal, além de que passas esses sentimentos para a tia Filipa. Vi te na reportagem e vi uma mulher cheia de força, de fé, de esperança de que um dia vai conseguir concretizar o teu grande sonho. Nao percas a esperança e quando necessitares podes cotar comigo. Bjs

ana raquel disse...

Sabes que até os mais fortes vacilam? É normal que ao olhar para trás te sintas triste... por isso o importante é olhares para a frente! Tens a tua pipoquinha e ainda muitos meses pela frente para tentares outro bebé.
Nós estamos aqui para te apoiar naquilo que precisares... não desistas de sonhar!