sexta-feira, novembro 12, 2004

Nini

Hoje venho aqui desabafar...
Nos ultimos tempos tenho andado preocupada e angustiada porque um dos meus amigos está INJUSTAMENTE preso na Venezuela.
É piloto de um avião, e infelizmente, teve como tarefa, levar umas determinadas senhoras à Venezuela. Digo, infelizmente, porque, pelos vistos, essas senhoras faziam tráfico de droga e fizeram com que ele, e o resto da tripulação, fossem todos apanhados numa teia.
Resumindo, foram todos presos, incluindo a tripulação do avião, que não tinha nada com o assunto.
Quem o conheçe sabe que ele está inocente. As autoridades portuguesas tb sabem disso.
Diz-se que não se deve pôr as mãos no fogo por ninguém, mas eu ponho as mãos no fogo pelo Nini.
Ele está confiante que será solto em breve pois sabe que é inocente e acredita que se fará justiça, no entanto já está há mais de 15 dias detido e em más condições. Como isto é possível???? Eu sei que é um país onde há muita corrupção e com certeza que há interesses obscuros para que ele continue preso, mas para além, de me custar ver o sofrimento que tudo isto tem causado nele, na familia e amigos mais próximos, custa-me imenso ouvir, pessoas a comentar em cafés, que "ele com certeza é culpado". Até já ouvi alguém comentar que ele é culpado pois "até tem o mesmo sobrenome que uma das traficantes" (O apelido é Santos...nome pouco comum no nosso país).
Estes processos burocráticos são complicados no nosso país, mas na America latina as coissa parecem ser bem piores. Ele está tão inocente como o resto da tripulação(que já foi solta), mas ele, infelizmente, disse uma frase que (apenas em mentes perversas de a quem interessa que ele esteja preso) poderia levantar alguma suspeita.
Como poderão as tripulações dos aviões continuar a trabalhar, sem terem medo de um dia serem apanhadas numa situação destas? Porque é que o nosso governo não pode fazer mais nada quando há provas que o ilibam? Acho que agora tenho a consciência que qq um pode ser injustamente acusado. Não sei se estava a ser ingénua, mas até acredito que a justiça (a maior parte das vezes ) não falha.
Só espero que isto se resolva o mais depressa possível e que ele seja solto e possa regressar o mais rapidamente ao nosso país.

Sem comentários: